Olá, seja bem-vindo(a)!Atendimento ao cliente: (11) 99345-1616
Rastrear minha compra
Meu carrinho
Carrinho Vazio

Taiwan Red Ruby

0 Opiniões

Por:
R$ 170,00

ou 3x de R$ 56,67 Sem juros
 
Simulador de Frete
- Calcular frete
Descrição Geral

O anúncio refere-se a camarões jovens

 

Nome científico: Caridina logemanni ‘Red King Kong’ Red Rubby 
Família: Atyidae   
Origem: Reprodução selectiva
Tamanho adulto: 2-3cm
Sociabilidade: Animais de grupo / Bastante pacíficos
Reprodução: Possível / Totalmente em água doce
 

Taiwan Bee  –  Caridina logemanni ‘King Kong’

Conhecidos também por ‘King Kong Red’, ou ‘Red wine stripes’ têm o corpo preto opaco e brilhante, com uma ou duas stripes brancas. São camarões bastante activos e muito bonitos.

Actualmente existe bastante informação disponível, que passa por leitura de alguns artigos de bastante qualidade que existem por toda a Internet. 


Comportamento

Tal como a grande maioria dos camarões do gênero Caridina, a espécie Red King Kong é bastante pacífica entre si e com quaisquer outros habitantes do aquário, sejam eles camarões, caracóis ou peixes. São animais que apreciam viver em grupos numerosos, vulgarmente chamados de colónias, que aconselhamos a que inicialmente para um aquário de por exemplo, 30 litros não sejam inferiores a 5 ou 6 indivíduos. Além de fazer com que se sintam melhor na sua pequena comunidade, tem uma forte possibilidade de ter ambos os sexos entre a seleção.


Layout

Os aquários de camarões têm características muito próprias embora possa não parecer. Talvez por meio do marketing fotográfico que as mais diversas marcas do sector nos habituaram a mostrar. Um aquário destinado a manter camarões não necessita de muita iluminação, até porque esta em excesso poderá até mesmo inibi-los. Não aconselhamos aquários com litragem inferior a 30 litros, lembre-se que quanto mais litros tiver o seu aquário mais estáveis conseguirá ter todos os seus parâmetros. Não necessita de plantas, embora aconselhemos a introdução de algumas espécies, as apelidadas low-tech ou de baixa manutenção. São todas aquelas plantas que não tenha de se preocupar em ter de colocar fertilizantes, adicionar CO2, etc. Podemos dizer que à semelhança dos musgos estão lá para gerar mais alguma superfície de biofilme e obviamente colorir e tornar o habitat mais natural. Resumindo, coloque uma área ampla e outra com um tronco e musgos, que será a área mais “fechada”, ou densa. No caso de optar também por colocar rochas, tenha atenção em escolher aquelas que não alterem e contrariem os parâmetros que deseja para a água. O solo é algo importante e no caso de uma montagem de aquário para os King Kong, a aquisição de um bom substrato é meio caminho andado para o sucesso.


Alimentação

Como animais omnívoros que são alimentam-se de tudo um pouco. A alimentação deve ser por isso variada, desde proteína vegetal a animal e alimento congelado. (Dica: alimente se possivel com alimento congelado por exemplo antes de cada TPA, porque esta alimentação embora bastante rica em proteína tende a “sujar” mais a água). A alimentação deve ser também variada, não só por tipo de alimento mas no seu formato, ou seja tenha a preocupação de alimentar também em pó pelo menos 2 vezes por semana. É indispensável para uma boa taxa de sobrevivência das crias. (Este factor está directamente relacionado com a quantidade de biofilme presente no aquário). Pode complementar a alimentação com alguns legumes como espinafre, urtiga e courgette.


Dimorfismo Sexual

As fêmeas são um pouco mais ‘encorpadas’ no abdômen e mais compridas. Ambos os sexos apresentam coloração forte. É difícil distinguir os sexos enquanto juvenis e até terem idade adulta poderá sempre existir dúvidas. Para sexar um camarão devem ter-se em conta diversos factores e não apenas um ou outro aspecto.


Reprodução

Conseguir que uma fêmea King Kong fique ovada não é difícil. No entanto as fêmeas quando grávidas, estão mais vulneráveis a uma má qualidade da água, ou valores menos corretos dos parâmetros, não sendo por isso invulgar que ocorram mortes durante este período. Por isso passar por todo o processo de “amadurecimento” dos ovos, que são cerca de 26 – 30 dias, já é uma vitória, sendo que nesta fase a maior dificuldade irá ser a taxa de sucesso/ sobrevivência das crias, designadas por ‘shrimplets’.

Podemos aconselhar para esta espécie em questão um pH que se encontre próximo dos 6,0 , uma dureza geral de 6 dGh, temperatura de 21ºC a 23ºC e uma água sempre limpa. Pode ser relevante saber quais os parâmetros da água do aquário de onde vai adquirir a sua colónia de camarões.

Ficha técnica
Código81
CategoriaCamarões Caridina
MarcaFazenda Submersa
Comentários

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Produtos visitados